Página Inicial
Notícias
Acesso à informação

Na última terça-feira (11), a Superintendência de Estudos Econômicos e Sociais da Bahia (SEI), esteve presente na divulgação do 5° Levantamento da Safra de Grãos 2019/20, realizada pela Superintendência Regional da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), que ocorreu na sede do Sistema FAEB/SENAR. Na ocasião, foram apresentados os resultados da pesquisa para as culturas de soja, feijão, milho e algodão, onde, no geral, apontou-se para as boas condições climáticas que favorecem as lavouras. A safra de grãos, segundo estimativa dos técnicos da Conab, deve alcançar 8,7 milhões de toneladas, o que corresponde a um crescimento de 6,3% em relação à safra anterior.

Também foi destacado pelos técnicos o bom nível de preço do milho para os produtores em função do aumento da demanda para abastecimento das granjas do Nordeste, assim como para o uso em usinas de etanol com base apenas neste cereal. Os preços da soja também se situam em patamares favoráveis aos produtores. Com relação ao algodão, destacou-se o elevado custo de produção devido ao aporte tecnológico exigido. A produção baiana é a segunda maior do Brasil e apresenta alta produtividade.

No panorama geral, para o ano de 2020 têm-se boas perfectivas com base nas tendências climáticas favoráveis. Estiveram presentes da SEI a diretora-geral, Jorgete Costa e os técnicos Pedro Marques, Simone Pereira e Aginoel Aquilino dos Santos.  A participação da instituição nesse evento é importante para absorver informações úteis que embasem as análises dos resultados da produção agrícola na Bahia.

 

 Fonte: Ascom/SEI

Voltar ao topo